1536

Câmara Municipal de Araci

Pular para o conteúdo

Visão Geral

Visão Geral

Bandeira Bandeira do Município
Brasão Brasão do Município
  • Aniversário: 13 de dezembro
  • Fundação: 13 de dezembro de 1812
  • Padroeiro (a):Nossa Senhora da Conceição
  • Gentílio:Araciense
  • Cep: 48760-000
  • População: 54379 (estimativa)
  • Presidente (a):JEFSON MIRANDA CARDOSO CARNEIRO (PSC)
    2017 - 2020

Cultura

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Araci é o órgão público que incumbido de parte dos eventos culturais do Município. A cidade ainda dispões do Centro Cultural , no qual tem o acervo de parte da história da cidade.

Eventos e festividades
6 de janeiro: Festa de Reis.
19 e 20 de janeiro: Festa do Padroeiro São Sebastião no distrito de João Vieira.
2 de fevereiro: Festa da Padroeira Senhora Santana no distrito de Ribeira.
7 de abril: Comemoração da emancipação política com desfile e festa.
13 de maio: Tradicional Festa dos Negros no Mercado da Farinha, originada pelo Sanfoneiro Tinteiro onde se comemora a Abolição da escravatura.
31 de maio: Festa do Padroeiro de Pedra Alta (Distrito de Araci).
13 de julho: Tradicional Festa de Santo Antônio do Rufino;
24 de junho Comemoração do São João com bandas locais e da região; normalmente são três ou quatro dias de festa na sede e nos povoados.
29 de Junho: Festa Tradicional de São Pedro no distrito de Tapuio.
7 de setembro: Comemoração da Independência do Brasil com desfile da Fanfarra e escolas na sede e zona rural de Araci.
8 de dezembro: Festejo da Padroeira Nossa Senhora da Conceição; Missa na igreja matriz.

Geografia

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE tem Área da unidade territorial [2018] 1.495,554 km² .Está a uma distância aproximada de 218 quilômetros da capital baiana, por terra e aproximadamente 185 quilômetros em linha reta.

População

Segundo o último Censo de 2010 do IBGE a população é estimada em: 51.651 habitantes

Clima

Clima Semi-árido

História

Cidade “mãe da aurora, mãe do dia”. Que um dia também foi Vila do Raso, e hoje se chama Araci, nome indígena, vindo do Romance de José de Alencar, Ubirajara.
Com seus quase 52 mil habitantes, espalhados entre a zona rural e a zona urbana, Araci é uma cidade que recebe seus visitantes de braços abertos e é considerada por muitos hospitaleira e acolhedora. Quem aqui chega e bebe da nossa água, como diz o dito popular local, não quer mais ir embora.

Fincada no sertão da Bahia, numa região que convive quase sempre com a seca, mas que mesmo com essa adversidade consegue extrair o que há de melhor em seu solo. Sua feira livre é bem vasta e diversificada. Realizada sempre nas segundas e quintas-feiras, sendo que nas segundas com um porte maior, onde podem ser encontrados produtos tipicamente regionais, da agricultura familiar local e também de outras regiões vizinhas.

Ao chegar em Araci, não deixe de visitar a praia do Poço Grande, cerca de 15km da sede, local de lazer e pesca, e saboreie o famoso pirão de peixe. E se estendendo mais, conheça a Cachoeira do Inferno, na região do Povoado da Barreira, lugar de beleza natural e ótimo para um banho e mergulho.

Uma das grandes atrações da cidade, e que é esperada por todos os moradores e também visitantes, são as festas juninas, que mesmo quando não há grandes atrações, reúne muita gente de todos os lugares e alegrias. É quando o arrasta-pé, o forró, as quadrilhas, as comidas típicas, as fogueiras na porta das casas, e os fogos de artifícios fazem a alegria tomar conta da cidade.

Texto por: Pedro Juarez

Turismo

O Município tem como turismo : o Balneário do Poço Grande, além do Mirante do Bonfim e o Estádio José Brígido da Silva.

Letra do Hino

Hino de Arací -BA



Araci sol fecundo a brilhar,
Mesmo que haja da noite o negror,
Nós queremos com o nosso lidar,
Acrescer o teu sublime esplendor.

No dia-a-dia do nosso existir,
no lazer, no trabalho e repouso,
Construiremos, com amor, teu porvir,
Sem olvidar teu passado ditoso.

Tua história Haveremos de Honrar,
Inspirado no amor-gratidão,
Aos pioneiros do teu bem-estar,
enfeitores da tua ascensão.

Pela vida cristã da tua gente,
Consagrada a Mãe de Jesus,
Deus em ti se fez sempre presente;
Teu progresso, sua gloria traduz.

Ilumina com luz aguerrida,
-Já que és sol na linguagem Tupi
-Estas plagas da pátria querida,
Que se afuna orgulhosa de ti.

Autor/Author: Ramos Feirense